BE e PCP preocupados com alegada poluição no Rio Ave

BE e PCP preocupados com alegada poluição no Rio Ave

2016-05-05

O Bloco de Esquerda exige medidas urgentes para controlar a proliferação de bactérias multirresistentes e o PCP quer ouvir na Assembleia da República a Agência Portuguesa do Ambiente.

Em nota enviada hoje à imprensa, o BE vem exigir exige medidas urgentes para controlar no Rio Ave a proliferação das bactérias multirresistentes que foram detetadas no âmbito de uma investigação do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e da Universidade do Porto.
Na base desta exigência está a audição dessa equipa de investigadores na Comissão Parlamentar do Ambiente, presidida pelo deputado bloquista Pedro Soares.

Entretanto, também o PCP já veio manifestar-se sobre o assunto. O Grupo Parlamentar Comunista quer que a Agência Portuguesa do Ambiente seja ouvida na Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação.

Além da questão das bactérias multirresistentes, o PCP diz que nos últimos meses têm sido recorrentes as notícias que dão conta de descargas poluentes no Rio Ave.

121/188
http://editave.youon.tv/files_resources/36e94f92b9215238b372ce308545d0b0.jpg http://editave.youon.tv/files_resources/9d551bf8b16afe6e38397d5f5f2bcdc6.jpg

Hoje na Opinião Pública